1

A elite do triatlo brasileiro estará em Barcarena para disputar R$ 40 mil em prêmios

Amazônia Endurance, a prova de triatlo mais conhecida do norte do Brasil, será realizada no período de 23 a 25 de junho, em Barcarena com largada e chegada na praia do Caripi, próxima à Vila dos Cabanos. Além da premiação de R$ 40 mil, o cenário da prova, com percursos entre rio, florestas e ribeirinhos, é outro grande atrativo.

A natação terá percurso de 1.6k e a temperatura da água será, em média, de 25°, o que possibilita nadar sem a roupa de borracha. Na etapa seguinte, eles vão pedalar 50k e correr 12k. A grande novidade é que a prova premia o campeão – masculino e feminino – geral com R$ 9 mil, ele sendo ou não da elite.

– Essa forma de premiação é inédita no Brasil onde a grande maioria das provas só premia os triatletas da elite. As inscrições estão abertas e ainda esperamos a confirmação de mais atletas, inclusive da elite brasileira – reforçou o organizador do AE, Magno Macedo.

Atletas conhecidos em todo o Brasil já confirmaram participação. Dos 14 inscritos para elite, oito são homens e seis mulheres, entre elas Bia Neres, o nome do momento. Ela venceu a última edição da marca IronMan 70.3 (1.9k natação / 90k ciclismo / 21 corrida), em Palmas, no dia 23 de abril com o tempo de 4h19min40seg. Vinte dias depois, fez pódio de novo no Rio Triathlon na categoria standard, também conhecida como modalidade olímpica.

A competição em Barcarena também reunirá atletas da terra. Um dos nomes é Crys Seabra, a primeira mulher paraense a participar de uma prova de IronMan e já se tornou finisher cinco vezes, chegando em terceiro lugar no IM em Fortaleza, em 2015. Crys, que é dentista e fonoaudióloga, é preparada por Marcelo Ortiz, fisiologista, e planeja chegar ao Ironman, em Kona, no Havaí.

– Meu filho mais velho está em ano de vestibular, precisa da minha atenção redobrada e faço isso com prazer. Como dentista e fonoaudióloga, a dedicação é diária. Tenho ainda outro filho e o marido. E toda essa rotina acaba ajudando o treino porque me exige muito mais e o esforço faz parte da preparação, mas a vida de um triatleta nunca é diferente – relata.

Elite Feminina:

Bia Neres
Bruna Mahan
Mariana Andrade
Luísa Cravo
Nayara Lunière
Livia Bustamante

Elite Masculina:

Chicão Ferreira
Diogo Sclebin
Fábio Carvalho
Bruno Matheus
Fellipe Santos
Alexander Balmam
Felipe Manente
Paulo Maciel

A cidade de Barcarena, palco da prova, mostra que tem vocação para o esporte endurance. O município fica distante 87 quilômetros da capital e já está envolvida com a prova. Os comerciantes se organizam para oferecer o melhor do cardápio paraense aos visitantes, além de elaborarem pratos que se encaixam na dieta dos atletas. É uma cidade cheia de curiosidades, voltada para a produção de bauxita. Lá se chega de carro ou de transporte fluvial, com viagens feitas em barcos e lanchas rápidas. O rio Pará é de água doce e tem marés e pequenas ondas. O calor é forte, temperatura média varia entre 28º e 33º com umidade sempre alta, em torno de 90%.

Fonte:G1
Foto: Ascom/Endurance


Was This Post Helpful:

0 votes, 0 avg. rating

Share:

admin

Leave a Comment