Início Esporte Pará Isac espera adaptação rápida e fala sobre entrosamento com atletas ex-Sampaio

Isac espera adaptação rápida e fala sobre entrosamento com atletas ex-Sampaio

69

O Remo apresentou nesta quarta-feira o tão desejado camisa 9 que faltava na equipe. Aos 32 anos, o experiente atacante terá a missão de ser o artilheiro do time na temporada, além de auxiliar o crescimento do jovem Marcelo, aposta azulina dez anos mais nova, mas que tem sido o homem de referência nos amistosos da pré-temporada. Isac espera ter uma rápida adaptação ao novo clube, até por conhecer boa parte do elenco.

– Já joguei aqui (em Belém), contra, nos horários em que chovia. Considero estar adaptado. Aqui tem vários jogadores que jogaram comigo no Sampaio. Depois que a bola rolar, o entrosamento, creio eu, será mais fácil. Acredito que não vai ter dificuldade nenhuma, pois já os conheço e jogamos juntos – salientou.

A negociação entre Remo e Isac não foi rápida. Antes do acerto, o clube paraense tentou a contratação do uruguaio Gonzalo Latorre, enquanto Isac estudava propostas de outras equipes, inclusive de fora do Brasil. Apesar disso, o atacante se considera feliz na nova casa.

– Ele (Zé Renato) falou comigo por telefone. Eu tinha algumas propostas, até de fora do país, mas a gente foi conversando ao longo desse mês e viu que o certo era vir para cá para o Remo. Com as condições que o Remo está nos dando, certeza que será um ano vitorioso. A torcida do Remo é apaixonada. Pode ser jogo pequeno ou grande, sempre vai estar lotando o Mangueirão. Ter o torcedor do lado é bom para o atleta. Isso foi algo que influenciou também a minha vinda para o Remo – explicou.

Isac chegou a Belém na terça e ainda precisará de tempo para se igualar aos demais companheiros no preparo físico. Por isso, não garante participar do amistoso de sábado, contra o Castanhal. A decisão ficará para a comissão técnica.

– O trabalho está sendo feito. Saí do avião ontem (terça-feira) e já fui para o campo treinar. Não pode mais perder tempo. Os atletas que estão aqui chegaram há bastante tempo, então a gente tem que acelerar. Creio que em duas semanas estarei no ponto para estrear. Temos essa semana para treinar e ver se dá tempo de participar um pouco do jogo-treino (contra o Castanhal). Todo jogador quer estar dentro de campo, jogando. Mas vamos ver. Eles (comissão técnica) têm todos os departamentos para saber se tem condições ou não – salientou o jogador.

Apesar de ser, por enquanto, a principal contratação para a camisa 9, Isac colocou os pés no chão quanto a titularidade. Ele afirma que irá brigar pela posição e enumerou algumas de suas características em campo.

– Estou chegando e vou brigar pela minha posição. Vai depender do treinador, e eu vou fazer por onde. Espero entrar e fazer os gols. Gosto de participar bastante do jogo, não sou aquele centroavante que fica parado. No Sampaio a gente jogava também com três atacantes e não tive dificuldade nenhuma. Mas a minha característica é de ficar mais dentro da área mesmo – detalhou.

Mudanças nos titulares

O técnico Ney da Matta comandou um treino coletivo na tarde desta quarta-feira, no campo do Ciaba. O comandante azulino fez várias mudanças na equipe titular, já visando o amistoso de sábado, em Castanhal. Saíram Alex Moraes, Fernandes, Rodriguinho e Felipe Marques, para as entradas, respectivamente, de Martony, Esquerdinha, Felipe Recife e Jefferson Recife. Com isso, o time de cima formou com: Vinícius; Levy, Bruno Maia, Martony e Esquerdinha; Felipe Recife, Geandro e Leandro Brasília; Elielton, Jefferson Recife e Marcelo. Lesionandos, Superti e Gabriel Lima não treinaram.

O Remo ainda tem mais três sessões de treinamento até a partida diante do Japiim: treinará em dois períodos nesta quinta (manhã academia e tarde Ciaba) e na um na sexta (tarde, Ciaba). O amistoso contra o clube aurinegro será no sábado, a partir das 16h, no Modelão.

Fonte:G1
Foto: Samara Miranda/Ascom Remo