Início Esporte Contra Colômbia, Neymar apanha 20% mais e mais do que dobra irritação

Contra Colômbia, Neymar apanha 20% mais e mais do que dobra irritação

53

Pode-se dizer que Neymar terá pela frente, nesta terça-feira, em Barranquilla, a seleção que mais lhe dá trabalho em campo. E a que mais mexe com sua cabeça.

O atacante do Paris Saint-Germain jogará com o Brasil contra a Colômbia pela 16ª rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018 e vai enfrentar um time que se acostumou a provocá-lo – e com o qual ele sofre.

O ex-jogador de Santos e Barcelona enfrentou os colombianos em cinco jogos oficiais (contando o duelo nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro) e já sofreu 27 faltas dos adversários, média de 5,4 por partida, de acordo com o TruMedia, ferramenta de estatísticas da ESPN.

A mais famosa delas aconteceu nas quartas de final da Copa do Mundo de 2014, quando Zuñiga acertou uma joelhada nas costas de Neymar, que sofreu fratura de vértebras.

Em amistoso poucos meses depois, com Dunga no lugar de Luiz Felipe Scolari, o reencontro em amistoso também foi tenso, com clima de revanche dentro e fora de campo, com cinco amarelos só no primeiro tempo e até expulsão de Juan Cuadrado.

Por apanhar demais, o astro também revida – e reclama – do tratamento: recebeu três cartões amarelos e foi expulso uma vez diante da Tricolor.

Em 2015, por exemplo, na fase de grupos da Copa América no Chile, a Colômbia ganhou, e Neymar se irritou com as faltas sofridas durante o jogo a ponto de, após o apito final, chutar uma bola com força e acertar Carlos Bacca. Uma confusão generalizada tomou conta do gramado no Estádio Monumental de Santiago, e ele acabou recebendo o vermelho do árbitro Enrique Osses.

Nos Jogos do Rio, Neymar teve que enfrentar um verdadeiro “rodízio” de faltas, chegando a trocar empurrões com rival e levando cartão amarelo.

Os problemas disciplinares nas partidas contra a Colômbia são superiores à média do atacante contra as outras seleções.

O TruMedia possui as estatísticas de Neymar em 54 jogos pela seleção, incluindo a Olimpíada de 2016. Neles, o camisa 10 sofreu 248 faltas, média de 4,6 por partida, nunca foi expulso e levou 11 cartões amarelos, um a cada cinco confrontos.

FICHA TÉCNICA

COLÔMBIA X BRASIL

Local: Estádio Roberto Melendez, em Barranquilla
Data: 5 de setembro de 2017, terça-feira
Horário: 17h30 (de Brasília)
Árbitro: Jesus Valenzuela (Venezuela)
Assistentes: Carlos López (Venezuela) e Jorge Urrego (Venezuela)

COLÔMBIA: David Ospina; Santiago Arias, Cristian Zapata, Óscar Murillo e Frank Fabra; Carlos Sánchez e Abel Aguilar; Juan Guillermo Cuadrado, James Rodríguez e Teófilo Gutiérrez; Radamel Falcao. Técnico: José Pekerman

BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Filipe Luís; Fernandinho; Willian, Paulinho, Renato Augusto e Neymar; Firmino. Técnico: Tite

Fonte:Espn