Início Esporte Pará Sem conciliação, Remo e Josué Teixeira terão nova audiência em setembro

Sem conciliação, Remo e Josué Teixeira terão nova audiência em setembro

187

O técnico Josué Teixeira e o Remo não entraram em um acordo durante o “Quintal da Conciliação”, que aconteceu na manhã desta quinta-feira, na 16ª Vara do Trabalho de Belém. O treinador cobra mais de R$ 300 mil do clube. Uma nova audiência está marcada para o dia 28 de setembro, a partir das 8h55, no mesmo local.

– Esse primeiro encontro é uma resolução do TRT, onde o objetivo é buscar uma conciliação entre as partes. Estamos livres para escutar uma proposta do Remo, mas não foi apresentado nada e não conciliamos. Agora teremos uma nova audiência, que vai definir tudo. Na Audiência de Instrução e Julgamento são apresentadas as provas, testemunhais ou documentais, onde o juiz avalia e dá a sentença – explicou David Merabet, advogado de Josué Teixeira, em entrevista ao GloboEsporte.com.

Josué Teixeira, que hoje comanda o Macaé, esteve presente na audiência realizada na manhã de hoje. O Remo foi representado pelo advogado Pablo Coimbra.

Josué Teixeira acionou a Justiça Trabalhista no mês passado, cobrando R$ 304.039,99 mil do Remo. O valor inclui salários atrasados, férias, 13º, multa em cima de rescisão contratual e outras verbas rescisórias. De acordo com o treinador, a decisão só foi tomada após diversas promessas da diretoria azulina de que os salários atrasados e a multa pelo fim do vínculo com o Leão seriam quitados, o que não aconteceu. Ao todo, desde que foi demitido, Josué ficou 33 dias na capital paraense aguardando pelo pagamento.

Fonte:G1
Foto: Akira Onuma/O Liberal