Início Esporte Pará “Merecíamos uma melhor sorte”, avalia Oliveira Canindé após derrota do Remo

“Merecíamos uma melhor sorte”, avalia Oliveira Canindé após derrota do Remo

8

O técnico Oliveira Canindé fez a sua estreia no comando do Remo na derrota por 3 a 2 diante do Botafogo-PB, nesta segunda-feira, em João Pessoa, pela Série C do Brasileiro. Em entrevista coletiva, o treinador falou dos erros do Leão longe de Belém, com destaque para os dois gols no segundo tempo da partida, mas acredita que o clube poderia ter saído com um outro resultado pelo poder de superação nos minutos finais, mesmo com um jogador a menos desde o primeiro tempo, quando Tsunami foi expulso.

– A equipe se impressionou com a movimentação do adversário, poderíamos ter mais foco, entrar mais ligados. Teve o gol e a expulsão, que foram muito rápidas, e ficar sem esse homem atrapalhou a gente. Foram dois tempos complicados em um campo pesado, mas mesmo assim, com um a menos, corremos atrás. Levamos mais dois gols de falhas e foi necessário repensar o jogo, parar de correr errado e colocar mais qualidade com a entrada do Flamel. Dificultamos a vida do adversário. Ficou a lição. Mas não tenho do que reclamar. O time foi guerreiro e buscou o resultado. Merecíamos uma melhor sorte.

Canindé não falou em nomes ou posições, mas deixou claro que está conversando com a diretoria do Remo sobre a necessidade de contratações para a sequência da competição, sem descartar, também, dispensas no elenco.

– Nós já conversamos sobre isso (contratações) e vamos trocar mais ideias ainda. É preciso qualificar ainda mais e a nossa diretoria tem essa consciência. Mas é preciso ter os pés no chão. E ainda é prematuro falar a esse respeito (dispensas).

O próximo confronto do Remo na Terceirona é contra o Moto Club, no próximo sábado, a partir das 18h, no Mangueirão. Oliveira Canindé espera a equipe azulina com mais alternativas no embate contra os maranhenses.

– Acho que a dificuldade existe, mas acredito no grupo que nós temos. Agora é trabalhar e conscientizar esse grupo da capacidade que tem. Vamos ter uma dificuldade já nesse próximo jogo, mas temos que procurar fazer bem mais do que fizemos hoje. Estou contente em chegar ao Remo, um clube grande, e precisamos fazer história, colocar o clube no patamar que merece.

Fonte:G1
Foto: Ascom Remo